5 estratégias para aumentar o engajamento da sua equipe

Um time de sucesso tem como característica atuar de forma conjunta para alcançar um resultado satisfatório e, assim, contemplar a todos os envolvidos, por isso é tão importante que a empresa cada vez mais promova o engajamento da equipe.

Mesmo que o negócio seja um empreendimento com finanças equilibradas e boa aceitação no mercado, a vigilância sobre a performance da equipe precisa ser constante e rotineira, com acompanhamento sistemático da gestão.

O que você tem feito para manter a produtividade e a participação efetivada dos funcionários na sua empresa? Neste post vamos falar da importância de aumentar o engajamento da equipe e apresentar 5 estratégias eficientes que você pode adotar para auxiliar ainda mais.

Qual é a representatividade do engajamento para as empresas?

O compromisso com que cada funcionário encara a jornada diária diz muito sobre os aspectos que o fazem motivado e interessado em se tornar um instrumento a serviço da empresa para executar atividades com foco no sucesso e na rentabilidade.

O engajamento serve então como um termômetro do grau de satisfação da equipe com a gestão e o negócio da empresa, além de contribuir para o estabelecimento de metodologias de trabalho com base na filosofia, na missão, na visão e nos valores aplicados.

Como incentivar o engajamento da equipe?

Para obter da equipe resultados cada vez mais expressivos, trabalhar a motivação é fundamental, mas por se tratar de um sentimento internalizado e pautado em questões de âmbito pessoal, requer das lideranças expertise suficiente para perceber as competências de cada profissional.

Quando agrupadas e utilizadas para o fortalecimento de um projeto, as competências e habilidades são responsáveis por equilibrar as variáveis percebidas em um grupo. Com um trabalho coeso seguindo na mesma direção, ficará mais fácil promover o engajamento da equipe.

Confira agora 5 estratégias que podem ser utilizadas na sua empresa como um meio de fomentar o engajamento da equipe, com aproveitamento das potencialidades, para aumentar a produtividade e minimizar as chances de erros!

1. Reconhecer o esforço

Compreender os limites dos funcionários e reconhecer a dedicação de cada um para que o projeto em andamento tenha um resultado positivo é uma atitude nobre da gestão, que entende a importância individual para uma performance conjunta.

A gestão que acredita que um profissional tem por obrigação executar as tarefas, pois recebe por isso ao final do mês, está fadada a ter na equipe apenas funcionários movidos pelo automatismo e cláusulas contratuais de trabalho sem qualquer engajamento.

Desenvolva um plano de carreira dentro da empresa e reais chances aos funcionários de alcançar patamares ainda maiores. Mesmo que muitos não tenham perfil para ocupar cargos de gestão, crie níveis de evolução — responsabilidade e salário.

De tempos em tempos, avalie o perfil e o desempenho para embasar as decisões sobre promoções. Certamente, um funcionário ciente de que tem possibilidades de crescimento dentro da própria empresa se dedicará com mais disponibilidade e engajamento ao trabalho.

2. Defina metas alcançáveis

Não adianta desejar o engajamento de uma equipe se as metas não forem de fato realizáveis. A produtividade está diretamente ligada às reais chances de sucesso de um produto ou serviço e o desempenho acompanha essa premissa.

É fundamental atribuir funções e determinar metas com um diálogo transparente, informando o que se espera da equipe e ouvindo dela as considerações sobre o modo de operação e possíveis gargalos durante a conclusão.

3. Dar orientações corretivas

O engajamento da equipe depende da liderança e de como ela conduz todo o processo. Um bom líder tem a capacidade de identificar os efeitos de um trabalho ruim e pontuar com cada funcionário as responsabilidades sobre a execução.

Faça correções pontuais, sempre evidenciando o que o funcionário tem de positivo, deixando claro que todo e qualquer procedimento corretivo tem como objetivo melhorar a entrega e a produtividade.

4. Fornecer feedbacks individualmente

Os feedbacks são quase sempre motivo de medo e tensão entre os funcionários. A falta de habilidade de muitos gestores para pontuar as questões negativas sobrepõe todo o trabalho positivo realizado e que normalmente fica de fora da pauta.

Há um ditado que diz “elogie em público e chame a atenção no privado”, o que é bastante válido quando houver a necessidade de pontuar a um funcionário algo que ele tenha feito de errado.

Dessa forma, ele terá condições de refletir fora do grupo sem sofrer com o olhar inquisidor do colega de trabalho e voltar para o grupo mais participativo e determinado a executar melhor suas funções, amparado pela imparcialidade da gestão.

5. Oferecer incentivos e recompensas

A satisfação pessoal é algo que foge ao controle efetivo de uma empresa, pois a ela estão atribuídos também diversos fatores externos, logo, nem sempre oferecer promoções e aumentos de salários está no radar de conquista profissional.

Por isso, deixe a valorização individual para o momento de avaliação de desempenho e busque oferecer premiações coletivas diante da conquista de um projeto ou do cumprimento de prazo de uma demanda e assim valorizar o engajamento da equipe como um todo e favorecer um clima de igualdade.

Evite as promessas e surpreenda o time ao final do ciclo com recompensas bônus que podem ser concedidas de diversas formas, como uma celebração com direito à participação da família, folga programada no aniversário, patrocínio de cursos, cestas personalizadas, entre outros.

E se a empresa quiser ir um pouco além, poderá criar um programa de incentivo ao desempenho pessoal com a escolha do funcionário do mês, estimulando a competição saudável e encorajando cada profissional a desenvolver melhor suas habilidades e competências.

Para finalizar, vale a reflexão de toda a gestão sobre a forma como o engajamento da equipe está sendo promovido e desenvolvido dentro da empresa, pois deve ser utilizado como uma ferramenta medidora da produtividade, para dar condições de competir com igualdade no mercado, inclusive retendo os talentos que fazem tudo acontecer.

Agora que você entende o quanto o engajamento da equipe é importante para sustentar os projetos da empresa e que oferecer benefícios em troca pode ser uma ótima estratégia, já pode entrar em contato com a gente e ver as diversas opções de cestas e brindes que temos a oferecer!



Deixe uma resposta